Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde Como Prevenir?

Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde Como Prevenir?

Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde Como Prevenir?

Pacientes atendidos em serviços de saúde podem desenvolver processos infecciosos relacionados aos procedimentos realizados e aos cuidados recebidos.

As ações que visam prevenir e controlar estas infecções estão contidas neste artigo e exigem esforços conjuntos dos profissionais de saúde, dos próprios pacientes e de seus familiares.

Como ocorre a infecção?

A infecção ocorre quando micro-organismos conseguem se multiplicar no nosso corpo causando danos. São exemplos de pacientes de maior risco:
  • Recém-nascidos e idosos;
  • Portadores de Diabetes;
  • Pacientes com sistema imunológico deprimido devido à própria doença ou tratamento (radioterapia, corticoide);
  • Pacientes submetidos a procedimentos invasivos como cirurgia, colocação de sondas ou de cateteres, entubação etc.

Como os pacientes, familiares e visitantes podem prevenir as infecções no ambiente hospitalar ou domiciliar?

A higiene das mãos é isoladamente a ação mais importante para prevenir infecção e pode ser realizada com uso de água e sabão ou álcool gel. Os visitantes devem higienizar as mãos antes e após a visita ao paciente. Sempre que as mãos estiverem visivelmente sujas, lave-as, preferencialmente, com água e sabão. Indique o mesmo aos profissionais de saúde que prestam atendimento.

  • O leito do paciente deve ser mantido com a cabeceira levemente elevada (30 – 40 graus), para reduzir o risco de broncoaspiração, exceto quando contraindicado pelo médico.
  • Cateteres, sondas, curativos e equipamentos devem ser manuseados somente por pessoas treinadas e autorizadas.
  • Pacientes com sonolência ou nível de consciência alterado não devem ser alimentados pelos visitantes e acompanhantes.
  • Flores naturais não devem permanecer dentro dos quartos, pois elas abrigam micro-organismos e atraem insetos.
  • não se deve comer no quarto do paciente, a fim de evitar um ambiente propício para os insetos.
  • Não se deve sentar na cama do paciente.
  • Visitas de crianças menores de 10 anos devem ser desestimuladas pela possibilidade de estarem no período de incubação de alguma doença infecciosa mais frequente nessa faixa etária.

Todos nós somos responsáveis por prevenir as infecções e promover a segurança dos pacientes.

Copyright © 2019 Todos os direitos reservados: Childrens Home Care
we.digi - agência digital